sexta-feira, 14 de maio de 2010

sobre o quanto minha irmã escreve bem...

e sempre está presente mesmo que distante. Além de traduzir meus sentimentos. CRTL+C, CRTL+V na sis hoje:

"A coisa sobre o amor são os defeitos. Os malditos defeitos. Você aprende a amá-los como se fossem a maior beleza que você já viu. E você vai protegê-los com a sua alma, com toda a sua devoção. Vai fazer piadas sobre eles e até reclamar deles de vez em quando, mas ai de uma pessoa que se atrever a reclamar de um defeito que é seu.Quanto mais defeitos, externos e/ou internos, uma pessoa tem, mais você a ama, porque você é desafiado a amá-la apesar daquilo. E seres humanos são sedentos por desafios. Damn.Nós nos apaixonamos pelo feio, pelo incorreto, pelo sujo, pelo pecado, pelo desprezo e principalmente pelo desafio. E não importa o quanto uma pessoa seja perfeita, você não vai ser capaz de amá-la até descobrir cada defeito.Porque os seres humanos também se apaixonam pelas fraquezas. E porque são fracos, os seres humanos se apaixonam.E há tantas coisas nas entrelinhas desse texto, eu poderia escrever um livro só com as ideias que surgem a cada vez que eu releio. Mas acho que você pode tirar suas próprias conclusões."

Sis, te amo! Obrigada por me fazer companhia no Tumblr every fucking day. Por isto me sinto próxima de vc todos os dias.

2 comentários:

Renata disse...

ela flui nas palavras... e quantas entrelinhas pode-se colocar em cada pensamento dela!! gostei muito do texto

RunnaWay disse...

Pode me "cntrl+vear" o quanto quiser, sis. UHAHUAHA
Te amo. Me sinto mais próxima de você quando você se identifica com meus textos <3