quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

... and a happy new year

Este é o último post do ano! Não quero fazer balanço geral, não tô com saco ¬¬
Mas assim: eu perdi 11 quilos este ano galera!!!! O último dia do ano foi a última pesagem do ano também: 59,7Kg.
E passei de ano na facul! E estou viva! E sem dor nas costas! Ok, ainda dói às vezes, é verdade, mas não tanto quanto doeu ano passado...
Fotinho minha e do meu pai cozinhando (desconsiderem as caras de bobos).
É isso...
Feliz 2010!!!

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

we wish you a merry christmas

Feliz natal!
Como estou sem inspiração pra escrever e este blog parece abandonado de novo vou escrever algumas frases curtas...

1- eu gosto de sites de fofocas
2- tem dias que não penteio meu cabelo (mas ele fica bonito mesmo assim sooo lucky
3- não assisto novelas
4- às vezes me falta paciência com minha vó
5- eu gosto de cozinhar
6- eu AMO estar de férias
7- meu filme preferido é Tomates Verdes Fritos e eu choro toda vez que assisto
8- eu gostaria de ser mais estilosa pra me vestir
9- eu já tenho cabelos brancos
10- fico mega ansiosa antes de viajar
11- às vezes eu penso em inglês
12- sou viciada em bolsas da kipling mas não porque são caras ou de marca, mas porque são lindas e duram foreeeever

beijos

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

pra minha irmã

Então que não é segredo pra ninguém o quanto eu amo minha irmã. Hoje foi um dia especialmente difícil em termos de saudades dela.

Sonhei muito com ela. Estávamos em um parque de diversões (estive nele quando era criança) e depois pintamos uns quadros que trouxemos de lá. Aí assisti supernatural, que é uma série que eu sei que ela gosta. Depois fui na praça e o caminhão da coca-cola passou todo iluminado e com músicas.

Há uns anos, quando ela veio passar o natal aqui comigo, estávamos à toa andando na pracinha e o caminhão passou com todas as crianças correndo atrás e toda aquela alegria natalina que se espalha pela cidade nessa época e da qual faço questão de não fazer parte. Na verdade, pode até nem ter tido tanta importância no dia, mas daquela data pra cá toda vez que esse caminhão passa eu fico insuportávelmente saudadosa da pequenina.

Esta semana pintei as unhas de azul e, para mim, azul sempre será a cor da minha irmã. Que desde muito cedo desenvolveu uma personalidade tão única e cheia de tonalidades. Minha irmã é azul-céu, azul-turquesa, azul-cobalto e azul-tomate!

Amor e saudade caminham sempre juntos? Ou é só comigo? Aqui em baixo: minhas unhas azuis-fofolete, os meus cachorros pulguentos que são fãs número 1 da minha irmã e eu e o cunhado da minha irmã :) caminhando!!!


Estão demorando muito pra inventar o teletransporte :) Ou eu ficar podre de rica e viajar a hora que eu quiser...
Detalhe: o banner daqui do blog foi ela que fez pra mim... acho q só ela sabe o que eu gosto tão bem: bonecas, gloss, borboletas, cor-de-rosa.... ah essa fofolete é uma fofolete mesmo...

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

fotos

Hoje, depois da prova de farmacologia, fui no centro da cidade pagar uma conta e resolvi passar na Riachuelo. Como ainda não tinha tido tempo de usar meu suado 13o salário me dei alguns presentinhos. Entre eles uma sandália da Tanara que custou os olhos da cara, mas, tipo, é a que melhor se acerta com meus pés e minha coluninha podre. Fiquei tããão feliz!!!!


Dois shorts curtos para o meu padrão (mas chegou a hora de mostrar as pernas). E duas batinhas larguinhas que eu adoro! E a sandália fofa que tem detalhes rosa e lilás nas laterais!
Aqui em baixo tem meu pé gordinho com a sandália nova no único ângulo que consegui tirar.
Detalhe para as unhas vermelho piriguetchy!!! :)

PS: Fui bem na prova de farmaco... mas não sei se consegui passar direto. Talvez ainda precise fazer exame :( agora tenho que terminar o relátorio final de estágio reviver os meses de tortura e estudar pra prova de microbiologia da segunda-feira.
Ah!!! e também estou mega feliz que estou de férias do trabalho... me sinto até outra pessoa!

quarta-feira, 9 de dezembro de 2009

instinto selvagem... ok, não tão selvagem assim

Eis que eu deveria dar mais atençao aos meus instintos. Sério. Este ano não foi apenas uma vez, mas sim 4 vezes que ele se manifestou e eu boba não quis dar a devida atenção a ele. E, logicamente, me ferrei bonito as quatro vezes.

Desde criança tenho um certo feelling pra algumas coisas. Sabe? Um sexto sentido que vem sei-lá-de-onde. Pois bem, em janeiro deste ano, no dia do meu aniversário, em maio e em julho este sexto sentido me avisou desesperadamente que ia dar merda, piscou holofotes mega-coloridos com as palavras PERIGO ou NÃO na minha cara. Você deu atençao? É... eu também não...

Talvez eu tenha me tornado cética cínica com o passar do tempo ou talvez seja apenas parte do aprendizado mesmo. A verdade é que cada dia tenho mais a sensação de que fiz merda, espalhei merda em todo mundo perto de mim e ainda joguei um pouquinho ventilador pra fichar com chave de ouro chave de coco.

Quando eu era adolescente, crédula e sonhadora eu dava ouvidos demais a essa voz interior (voz não, vozes!!!) e claro, fazia muita cagada e sentia muita vergonha alheia de mim mesma. Mas pelo menos não ME ignorava tanto. Hoje, adulta, tenho a prova de que tenho tentado sufocar os instintos que me mantiveram viva até hoje. E sinceramente não entendo o porquê (por que, por quê?) disso. Talvez seja uma questão de descobrir meu rumo na vida, quem eu sou e o que eu quero... não é isso que todo mundo quer?

PS: me desculpo adiantado pela quantidade de MERDAS espalhadas pelo post. Definitivamente batatas fritas não combinam com merda. Mas se vc abusar delas poderá acabar na merda como eu estou agora...

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

então

Então que às vezes eu preciso escrever. É como hoje, um quilo de coisas pra ler, um monte de coisa pra fazer e eu precisando me livrar dessas coisas que ficam atravessadas no meu peito e não tem por onde sair. Eu deveria falar, mas não consigo. Eu deveria chorar, mas não consigo. Tem muitas coisas que não consigo.

Então que muita coisa tem me irritado ultimamente, tomo decisões das quais me arrependo depois. E não tenho conseguido nem decidir onde jantar. Odeio ficar indecisa, eu que sempre fui decidida.

E daí que a prova de farmaco me assusta. Tenho tido pesadelos sequenciais com esta prova, mas tb nao consigo ficar muito tempo estudando.

Preciso colocar tanta coisa pra fora, jogar tanta coisa inútil fora. Mas eu tenho medo, medo porque sei que estou num momento bom e aprendi este ano que todo momento bom é seguido de um momento ruim podre. E eu me cansei de sentir medo. Medo de tudo. Medo de estragarem a minha vida, medo de acharem que eu sou algo que não sou.

Meu cansaço está relacionado com todos os segmentos da minha vida. É como se fossem compartimentos separados que estão sendo inundados um a um. Cansada do trabalho, cansada da faculdade, cansada da minha família e dos meus problemas e cansada de pessoas que me sugam. Principalmente no trabalho, especialmente no trabalho. A pessoa inventa que quer ser meu clone e não sai do meu pé. Isso me irrita tanto.

Hoje minha vontade era gritar, mas eu também não grito...

sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

porques

porque hj é sexta-feira e eu queria férias...
porque eu tô cansada...
porque eu quero dormir até as 2 das tarde...
porque eu quero gastar meu décimo terceiro...
porque eu não quero ir no estágio hj...

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

i'm back

Como agora voltarei a postar abri o blog de novo.

Acabaram as aulas. Agora só mais duas provas. Exames. De Microbiologia e de Farmacologia.

Pra falar a verdade farmacologia é uma questão de honra pra mim. Porque estudando farmácia, não saber farmacologia é a treva!!

Então, estarei aqui. Me matando pra aprender tudo em uma semana. Esperando que Isaac compreenda o que eu escrever na prova semana que vem.

O estágio continua e eu continuo detestando o estágio. Sim. De-tes-to o estágio. Ainda bem que tá acabando.

Pra minha irmã: querida, vc sabe que vc é a pessoa que mais amo no mundo? Se não sabia, agora sabe. You're all the love in the world...

terça-feira, 10 de novembro de 2009

é

algumas coisas não tem volta

quinta-feira, 5 de novembro de 2009

amanhecer

Eu era uma pessoa do dia, sempre gostei de dormir cedo e acordar cedo. Na adolescência tinha pouca disposição pra baladas porque sentia um sono tremendo. Quando criança, adorava acordar bem cedinho antes dos meus pais. Gostava de ter o dia pra mim (ainda gosto!).

Sempre adorei ver o sol nascer e isso permanece em mim até hoje. Trabalhando à noite tenho a oportunidade de presenciar o amanhecer sempre. E esse é o momento do dia em que sou mais feliz. As oportunidades de um novo dia estão ali me esperando, a chance de fazer tudo certo se estende a minha frente. É uma sensação incrível de frescor, de novidade e isso vem acompanhado do cheiro da manhã, que é outra coisa que adoro!

Muitas vezes, estando em casa, acordo um pouco antes do sol aparecer e fico esperando por ele cheia de expectativa. Na verdade, nada me dá mais pânico do que um dia acabando e coisas que não foram feitas ou que foram, sim, feitas mas não da maneira que eu gostaria.

Outra coisa que mexe muito com minha cabeça é a madrugada. Ela é capaz de alterar minha percepção completamente. Meio que perco a noção de prioridades, as coisas parecem maiores do que são, os problemas parecem não ter solução. Meu ponto de vista fica todo maluco e às vezes tomo decisões que depois julgo terem sido melhor resolvidas se tivesse feito diferente. A saudade parece maior, a dor parece insuportável, a impaciência toma conta de mim e a prova de farmacologia parece impossível de ser feita.

Então eu preciso parar. Parar e por as idéias em ordem. Sempre. Faço isso constantemente. Muitas vezes esqueço quem eu sou e, de madrugada, queria inventar uma nova Luna. Mas a manhã chega, ainda bem que ela sempre chega, e a Luna volta. Mais sã e equilibrada. Menos cansada e cheia de expectativas pra um novo dia...

segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Meio assim

Ah, sei lá... tô meio nhé hoje... Desanimada.



Recadinho: Fofolete (minha irmã), vc não me ama mais?

quarta-feira, 28 de outubro de 2009

sonhando


Sabe quando vc sonha e é tão real que parece que aconteceu mesmo? Hoje a tarde tive uma experiências destas enquanto dormia (sim, tô preguiçosa e dormi a tarde, nhé).

Eu tenho uma facilidade incrível pra sonhar. Sonho quando cochilo, sonho no ônibus. Na verdade, eu durmo é bem demais. E adoro dormir, fato!

O melhor é quando o sonhos nos transporta pra lugares onde gostaríamos de estar. Isso também acontece muito comigo. Desde criança.

De resto, sem novidades. Perdi um pouco de peso. Mas não tenho me pesado, tô com medo mesmo. E tenho feito esteira. É fácil ser mais disciplinada quando estou em casa e tenho horários humanos. Isso se reflete até na minha alimentação, que fica muito melhor. Nada como a comida da casa da gente não?

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Dor

em casa, me recuperando de uma pequena cirurgia... dói, dói muito.

domingo, 25 de outubro de 2009

eu precisava falar

eu gosto do meu trabalho e, de quebra, ainda tenho o pôr-do-sol mais lindo do universo na janela. Palmas pra Papai-do-Céu hoje pelo divino céu que pintou.

post de domingo (que criatividade!)

Li aqui No blog da Luciana Schievano (que faz um make de dar inveja), gostei e resolvi postar aqui. Até porque alguns tópicos fazem muito sentido pra minha vida agora.

"Para celebrar o envelhecer, uma vez eu escrevi 45 lições que a vida me ensinou.
É a coluna mais requisitada que eu já escrevi. Meu taxímetro chegou aos 90 em agosto/08,
então, aqui está a coluna, mais uma vez:

1. A vida não é justa, mas ainda é boa.
2. Quando estiver em dúvida, apenas dê o próximo pequeno passo.
3. A vida é muito curta para perdermos tempo odiando alguém.
4. Seu trabalho não vai cuidar de você quando você adoecer. Seus amigos e seus pais vão.
Mantenha contato.
5. Pague suas faturas de cartão de crédito todo mês.
6. Você não tem que vencer todo argumento. Concorde para discordar.
7. Chore com alguém. É mais curador do que chorar sozinho.
8. Está tudo bem em ficar bravo com Deus. Ele agüenta.
9. Poupe para a aposentadoria, começando com seu primeiro salário.
10. Quando se trata de chocolate, resistência é em vão.
11. Sele a paz com seu passado, para que ele não estrague seu presente.
12. Está tudo bem em seus filhos te verem chorar.
13. Não compare sua vida com a dos outros. Você não tem idéia do que se trata a jornada
deles.
14. Se um relacionamento tem que ser um segredo, você não deveria estar nele.
15. Tudo pode mudar num piscar de olhos; mas não se preocupe, Deus nunca pisca.
16. Respire bem fundo. Isso acalma a mente.
17. Se desfaça de tudo que não é útil, bonito e prazeroso.
18. O que não te mata, realmente te torna mais forte.
19. Nunca é tarde demais para se ter uma infância feliz. Mas a segunda só depende de
você e mais ninguém.
20. Quando se trata de ir atrás do que você ama na vida, não aceite "não" como resposta.
21. Acenda velas, coloque os lençóis bonitos, use a lingerie elegante. Não guarde para
uma ocasião especial. Hoje é especial.
22. Se prepare bastante; depois, se deixe levar pela maré...
23. Seja excêntrico agora, não espere ficar velho para usar roxo.
24. O órgão sexual mais importante é o cérebro.
25. Ninguém é responsável pela sua felicidade, além de você.
26. Encare cada "chamado desastre" com essas palavras: Em cinco anos, vai importar?
27. Sempre escolha a vida.
28. Perdoe tudo de todos. Pode dar raiva não perdoar.
29. O que outras pessoas pensam de você não é da sua conta.
30. O tempo cura quase tudo. Dê tempo.
31. Indepedentemente da situação ser boa ou ruim, irá mudar.
32. Não se leve tão a sério. Ninguém mais leva...
33. Acredite em milagres.
34. Deus te ama por causa de quem Ele é, não pelo que vc fez ou deixou de fazer.
35. Não faça auditoria de sua vida. Apareça e faça o melhor dela agora.
36. Envelhecer é melhor do que morrer jovem.
37. Seus filhos só têm uma infância.
38. Tudo o que realmente importa, no final, é QUEM você amou.
39. Vá para a rua todo dia. Milagres estão esperando em todos os lugares.
40. Se todos jogássemos nossos problemas em uma pilha e víssemos os de todo mundo,
pegaríamos os nossos de volta.
41. Inveja é perda de tempo. Você já tem tudo o que precisa.
42. O melhor está por vir.
43. Não importa como vc se sinta, LEVANTE, se vista e apareça.
44. Produza.
45. A vida não vem embrulhada em um laço, mas ainda é um presente "

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

sonho(?)

era tudo o que eu queria...

PS: emagrecer assim! Não ficar grávida, entende?
De onde vou tirar força pra comer direito e fazer caminhada e ginástica? Ando cada dia mais cansada... Fim de ano é assim, tô ficando podre já.

quarta-feira, 21 de outubro de 2009

brincos de argola...

bons amigos que te conhecem (ou pelo menos procuram conhecer) são tudo nesta vida:

segunda-feira, 19 de outubro de 2009

no more excuses

Essa semana chega de desculpas: PRECISO COMER DIREITO! E caminhar na esteira tb!!! Ando tão preguiçosa bunda gelatina já se manifestou.
O fim de semana foi bom... cineminha, pizza, espetinho do japicha, aniversário do Léo com direito a churrasco e bolo de chocolate e essas coisas que eu NEM gosto! ;)

Mas a verdade continua a mesma: a minha família continua me irritando profundamente. Especialmente meu vô que ontem cantou a música da mosca do Raul Seixas AO CONTRÁRIO o dia inteiro!!! Algo como eu sou a sopa que pousou na sua mosca AFF .

Hoje já fiz prova de química farmacêutica! Só uma prova nessa semana. E estágio, ah o estágio onde já estou sendo explorada (mas eu sou orgulhosa demais pra me fazer de morta pra comer o cu do coveiro, é).

quarta-feira, 14 de outubro de 2009

eu choro

Estar menstruada é uma merda. Quem toma anticoncepcional, como eu, deveria sofrer menos mas não. Estou insuportavelmente carente e deprimida. Hoje, antes da aula, ia caminhando escutando música no celular e precisei me sentar pra chorar. Sim! CHORAR! Uma música me fez chorar...

É triste, mas é verdade. Eu precisei me sentar num banco e chorar tudo o que eu tinha pra chorar e, o pior, a visão de mim sentada lá, às 7 da manhã, sozinha e remoendo coisas que eu não posso consertar mais me deixou mais deprimida ainda.

Precisei de uns bons minutos ali pra me recompor, pensando em coisas que já passaram e decisões que eu tomei. Chorei minha família que parece estar se despedaçando... e coisas assim. Você sabe...

Eis o que me fez chorar:

Me in You

Crossroads and given the option
To pass and look back at goals I've missed
Rainbows of buring bridges
If you squint a little more it looks the same

But oooooooooh
There's a little bit of me inside you
Gathering what you've lost
But oooooooooh
There's a little bit of you in everone
Can never keep a secret

Problems; lines on your face
You smooth them out so no one can tell
put a straight back upon a stage
could (dance dance) hide the tremor in your hand

But oooooooooh
There's a little bit of me inside you
Gathering what you've lost
But oooooooooh
There's a little bit of you in everone
Can never keep a secret

And I'm watching you know
I see you building the castle with one hand
while tearing down another with the other

And I'm watching you know
I see you building the castle with one hand
while tearing down another with the other

And I'm watching you know
I see you building the castle with one hand
while tearing down another with the other

É mais ou menos assim: "Estou te observando, você sabe, vejo você construindo castelos com uma mão enquanto os destrói com a outra"

Você já teve a impressão que algumas músicas parecem inspiradas em nossas vidas?

terça-feira, 13 de outubro de 2009

escutando muito ultimamente...

Renegade

I'm letting go
To see if you'll hold on to me
I'm in doubt
Of what is thought and what is real

In our room
Between the shapes I thought I knew
A guillotine
A pillow with feathers like snow

I've come
To a listening post beyond your lines
I'm all ears
To gather clues and look for signs

But I can't hear
The song you sing while you try to soothe
Why are you whispering
While the bombs are falling?

Go easy on me
I can't help what I'm doing
Go easy on me
Oh, I can't help what I'm doing

Hello again
I buried you, where have you been?
My renegade
You came back from the labyrinth

Unlike me
You've looked for things that could be found
And the thread
That guides through black times

Go easy on me
I can't help what I'm doing
Go easy on me
Oh, I can't help what I'm doing

When thoughts
Had outnumbered spoken words
In the early hours
We failed to establish
Who was hurt
Most

(Kings of convenience)

domingo, 11 de outubro de 2009

meus dentes me odeiam

Eles doem quando fico nervosa ou triste. Quando ligo pro dentista param de doer... Que foi, meninos? Estão com medo do Cid o dentista?

O feriado veio, está passando e eu não fiz absolutamente nada do que planejei. Até comi direitinho, mas caminhada que é bom... aff.

A vida continua difícil pra caramba. O vô doente e a tia doente . Os dois com a mesma coisa (em lugares diferentes). Vida injusta. Mas podia ser pior. Eu sempre penso nisso, em como tudo poderia ser pior: eu podia não ter emprego, podia não ter meu pai comigo, podia não ter onde morar e podia passar necessidade. Minha coluna poderia ainda estar dando trabalho, e eu poderia ainda ser infeliz mas não sou. Aos poucos vou ajeitando minhas coisas e pondo minha cabeça no lugar. E isso é o que importa.

sexta-feira, 9 de outubro de 2009

tenho comido incrivelmente mal... por tristeza, por ansiedade, por cansaço e por ser desorganizada.
E agora?
Amanhã não vou à aula, vou ficar em casa e me organizar. Organizar minha comida, minha vida e retomar minhas caminhadas.... Vou aproveitar o feriado pra fazer isso...
me desejem sorte

beijo

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

jane grávida

Fiquei sabendo hoje que minha amiga Jane está grávida! De 1 mês! E, apesar de não ter sido planejado, ela está muito feliz! A primiera pergunta que fiz pra ela foi: "Jane, você sempre quis ser mãe?". E ela me respondeu: "Sim, mas nunca me imaginava grávida. Minha ficha ainda não caiu."

Engraçado como esse tipo de coisa me afeta de formas diferentes a cada vez que recebo este tipo de notícia. Quando meu primo Yuri "ficou grávido" chorei de felicidade e tive vontade de ter um bebê também, quando minha prima Carla engravidou tive uma ânsia tão grande de apoiá-las (ela e a Bebê Maria Eduarda) que, por alguns momentos, tivemos de volta a amizade que se perdeu com o tempo. Quando os primos do meu namorado anunciaram que seriam pais eu fiquei aliviada, pois, por enquanto, a cobrança por bebês sairia um pouco dos meus ombros.

Conversando com a Jane hoje, lembrei-me de todas coisas deliciosas que se ter um bebê em casa proporciona. O cheiro, os sons, as tranqueirinhas coloridas...

Mas, com a maturidade dos meus 27 anos, vejo que HOJE, não tenho a menor vontade de ter filhos. Isso pode causar espanto na maioria das pessoas que conheço, pois eu sou uma pessoa que cuida e que se doa pelos outros. Justamente está aí o motivo. Eu já cuido de tanta gente que meu instinto materno já deve estar satisfeito.

E pensando nisso tudo hoje, enxergo claramente, que ter minha irmã mais nova e presenciar seu nascimento também supriu meus instintos maternais e que, de certa, maneira ela é um pouco minha filha. E que isso é maravilhoso, e o amor que temos uma pela outra não deixará de existir nunca!

Continuo me reservando o direito de mudar de idéia, lógico.

E sim, esse blog ainda tem dona! Ela só está ocupada com velhinhos doentes que necessitam de atenção..

Beijo

PS1: 8,5 de Genética!!!! 8 de Física Industrial, Química Farmacêutica, Bioquímica!!!! UHULLL

PS2: E hoje fiz uma pequena sessão de terapia: fui andar na Sumirê (loja de cosméticos daqui). Tava precisando!

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

aff

Tanta gente na minha vida e ninguém é capaz de me acalmar quando eu preciso muito menos me consolar quando eu espero. É fodaaaa isso... em dias como hoje que eu odeio a minha vida :(
Como que as pessoas que estão mais próximas de mim não percebem que estou precisando delas? E porque elas continuam insistindo em me dizer ou fazer as coisas erradas quando me agradar é tão simples?
Me sinto muito só hoje...

quinta-feira, 17 de setembro de 2009

para minha irmã

Para fofolete q tem complexo de olhos pequenos (eu acho q eles te dão um ar de anime, mas tudo bem)

http://diadebeaute.com/2009/09/17/ta-gata/

te amo absurdamente!!!!!

quarta-feira, 16 de setembro de 2009

sobre auto-estima

Eu e minha auto-estima temos uma relação estranha, estilo montanha-russa. Há dias que nos damos muito bem, mas há dias em que ela consegue distorcer todos os espelhos do mundo e fazer com que eu me enxergue horrorosa. Mas eu percebo que isto está diretamente relacionado ao fato de eu comer direito e malhar. Se não faço essas duas coisas, me sinto mal e minha auto-estima me detona. E é aí que começa o círculo vicioso, comer mal->não malhar->me sentir mal com minha imagem->comer demais e errado. Sabe? É um ciclo sem fim...
Falar sobre esse tipo de coisa me ajuda a controlar melhor minha ansiedade e como ainda sou impotente perante comida. Como ela ainda me controla e como ainda assume papel de calmante pra mim. É uma terrível sensação de impotência.
Outra coisa interessante que eu vejo hoje, é como a minha percepção do mundo e das pessoas mudou. Eu olho pra trás e percebo que não sou a mesma pessoa que era há um ano atrás. Eu não tenho mais as mesmas opiniões, já não acredito nas mesmas coisas e também não me sinto mais como me sentia em relação a mim mesma. E isso é bom! Porque estou gostando de me re-conhecer.

terça-feira, 15 de setembro de 2009

Contente

Aahh hoje estou feliz! Tomei ovomaltine ontem!!!

domingo, 13 de setembro de 2009

:)


Incrivelmente magra nesta foto!!! Yay!!!! Só preciso lembrar dessa foto quando me der vontade de comer batata frita!!
Se tiver coragem de ver o antes clique aqui

sábado, 12 de setembro de 2009

crazy Lara

então que eu tenho essa professora, a Lara, que é bem doidinha. Hoje ela foi dar prova na minha sala. Eis que mal começa a prova a Lara começa a contar história da balada da noite anterior, eu abro aspas pra Professora te contar:
"Tô lá na balada, só tinha gente feia, era o rascunho do mapa do inferno! Aparece um avião de papel no meu colo, olho pro cara que jogou e ele me diz "Quer viajar comigo?". Só que o cara era feio que doía. Cruz credo!"
Encontrar pessoas assim me faz pensar em como as pessoas podem ser diferentes e mesmo assim conseguirem existir num mesmo ambiente. Eu apenas gostaria que a tolerância e a aceitação que eu tenho com as maluquices da minha professora pudessem se estender às maluquices da minha família! Porque dividir o carro com uma pessoa que sempre deixa o tanque na reserva não dá. Não há paciência que dure.

Ainda sobre bolsas: Saí com a Leslie hoje!!!! Só pra ela não se sentir desprezada! Ainda dei o balão no estágio (rá)

quinta-feira, 10 de setembro de 2009

escutei e chorei...

The Child Is Gone

Fiona Apple

Darling, give me your absence tonight
Take the shade from the canvas and leave me the white
Let me sink in the silence that echoes inside
And don't bother leaving the light on

'Cause I suddenly feel like a different person
From the roots of my soul comes a gentle coersion
And I ran my hand over a strange inversion
A vacancy that just did not belong
The child is gone

Honey, help me out of this mess
I'm a stranger to myself
But don't reach for me, I'm too far away
I don't want to talk 'cause there's nothing left to say

So, my darling, give me your absence tonight
Take all of your sympathy and leave it outside
'Cause there's no kind of loving that can make this alright
I'm trying to find a place I belong

And I suddenly feel like a different person
From the roots of my soul comes a gentle coersion
And I ran my hand over a strange inversion
As the darkness turns into the dawn
The child is gone

The child is gone

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

eu queria...

eu queria muito ser mais assim:

http://tpmatica.blogspot.com/2009/09/licenca-poetica-para-os-desprovidos-de.html

e conseguir me desligar das coisas que me incomodam e me fazem mal.
Queria ser mais mau-humorada, mais chata e consequentemente mais EU e menos os outros

era tudo o que eu queria...

terça-feira, 8 de setembro de 2009

um post bobo

- eu dou nomes pras minhas bolsas
- as preferidas são: a Leslie, a Meg e agora a Sole (nova, da foto de ontem)
- hj fui pra facul com a Meg, mas fiquei triste por deixar a Sole em casa esquizofrênica, oi
-queria comer pão com manteiga
-dor nas costas sucks
-passei frio hoje, mas estva sol quando saí de casa por isso não levei casaco
- o clima é bem louco
-quero caminhar ainda hoje
-e vou terminar de estudar física industrial, matéria onde aprendi q se vc deixa o creme dental sem tampa ele perde água e essa é uma deformação irreversível, o que o classifica como fluido de Bingham (gastei!!!)

segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Compritchas!!!

Aquisições da recente viagem!

Brincos de borboleta
Bolsa da Kipling
Mini-carteira da Le Postiche
Sapatilhas Dakota

PS: Estou perua mesmo!!!

Não quero nem ver

Não quero nem me pesar... pra não ver o estrago...
Crise de dor na coluna = uma ampola inteeeira de dexametasona+2 dias de hospital com direito a muito tramal (eca!) + viagem pra relaxar (toda junk food do mundo entrou nessa boca aqui) + 3 MonteBello irmão pobre da Nhá Benta comidos enquanto navego aqui...
Definitivamente o resultado não deve ser bom...

Preciso agora colocar o "recomeçar" em ação, de novo, novamente, mais uma vez...

Logo postarei fotos das compritchas :)


Beijo, Guin

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

it still hurts the crap out of me

Dor nas costas... não adianta perder 10 quilos, usar o colete TODO SANTO DIA, cuidar da postura. Essa m* de coluna tem q doer ainda, nos piores dias, diga-se de passagem. Eu já devo ter escrito sobre isso aqui antes... mas sempre acho que tô bem, que eu e a hérnia aprendemos a conviver uma com a outra (eu a respeito, juro!!!).
Pois hoje tá doendo pra CA-CE-TE, e é uma dor q eu odeio sentir, sabe? Primeiro dói nos furinhos (aqueles da região lombar, saca?), aí a dor fica mais difusa nessa região, depois ela desce pras pernas (pela parte de trás, como se fosse dor do nervo asiático ciático). Aí formigam a bunda e as partes genitais e então dói o pé. Aí tenho a dor chamada dor em meia (wtf???). Nesse processo eu começo a ficar levemente desesperada não, apavorada mesmo. E é aí que tudo piora, pois apesar de saber que o stress piora a situação eu não tenho o menor controle sobre ela e isso me deixa triste, porque nesse ponto eu já deveria saber lidar com essa dor, com esse sentimento. Mas é a total falta de controle que me assusta. É como se meu corpo dissesse:
- Ok, estamos bem, mas hoje eu vou doer pra burro, perder todo controle sobre as funções fisiológicas xixi, coco, formigar nossas pernas e pra melhorar vou fazer tudo isso num horário e local onde vc não pode tomar a medicação que tira a dor.
A minha vontade é dizer:
- Quer saber, corpo??? Vai pra merda!!!!!!

terça-feira, 1 de setembro de 2009

...

...
sim, são reticências...

quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Carioquices do Isaac

Bem, como não sei que vibe dar ao blog vou contar algo do dia mesmo.
Meu professor de Farmacologia é carioca, fala com aquele sotaque arrastado (que eu, infelizmente, perdi na adolescência). É todo carioca o cara, trata todos os alunos por "Messsshhhtre". Um sarro! Pois que hoje, tivemos todas as aulas de Farmaco com ele. Interessante como certas pessoas nos remetem ao nosso passado de repente. Ele sentado, dando aula, falando como se estivesse em uma roda de amigos batendo papo, usando roupas que só um carioca usaria e trejeitos que somente cariocas de verdade tem. Me transportou diretamente à minha infância e me proporcionou a melhor aula de sistema nervoso autônomo e uma tarde nostálgica. Às vezes me perdia das palavras um pouco, só pra viajar "ali" pro Rio rapidinho mas logo voltava, pois o professor, além de tudo é exigente, perguntava incessantemente pra nós sobre tópicos que deveríamos saber, mas não lembrávamos. O namorado da vaca serviu de modelo-vivo para anatomia e eu, orgulhosamente soube responder, quando ele me perguntou para que nós suamos (pra regular nossa temperatura corpórea, meu bem!!!)

Saudades do Rio, saudades da Mia, dos meus primos e de toda aquela magia que só férias na Cidade Maravilhosa conseguem proporcionar. Perfeitas férias com Fofolete, Macarena e Fuinha que são todas a mesma pessoa: minha irmã. Saudade, saudade.

PS1: este blog deveria se chamar nostalgia, mas o nome não estava mais disponível (rá, adivinha por que?)
PS2: não, ele não é bonito e eu não estou a fim dele. Apenas sei apreciar um bom professor quando tenho a chance.

terça-feira, 25 de agosto de 2009

Voltei

Sim, voltei. Diferente, mas voltei. Ainda não que cara vou dar a este blog. Qual será o assunto ou a "vibe" dele? Não sei ainda...
Vamos ver

quarta-feira, 20 de maio de 2009

Offline

Estarei off por um tempo... mas tá td bem...
Outros vícios me consomem

bjo

terça-feira, 5 de maio de 2009

Feliz

Hoje estou feliz!!!

Sem mais, prova de deontologia amanhã

quarta-feira, 29 de abril de 2009

O causo da calça

Em 2006 eu já estava baleia... precisava de calças jeans e fui comprar. Só serviram as 46. Chorei no provador naquele dia. Mesmo assim, comprei uma calça 42 para "me obrigar a emagrecer". Hoje, depois de 3 anos, usei a calça 42! Após 3 anos usando 46!!!! Sem ajustes, sem deitar pra calça entrar, sem cinta!!! Só eu!!! Numa calça 42!!! Precisei colocar o colete de Putti (que eu uso pra estabilizar a coluna) e a calça continua servindo!

Tô feliz hoje!

PS1: meu vestido rosa Kandinsky me espera no meu armário, irei vesti-lo ainda este ano!
PS2: estaria mais feliz se tivesse visto o Fafo hj, mas a vida nunca é perfeita

Tempo

O "tempo" é a coisa mais louca do Universo... não vou nem começar a falar de tempo de Deus, só do tempo dos outros e do MEU tempo...
Tá tudo errado... o meu tempo e o tempo dos outros... o que eu quero fazer não vai dar certo. Porque o MEU tempo já passou e o outro tempo só chegou agora... bem na hora que era pra juntar tudo...

Não entendeu? É... eu também não entendo porque a vida é assim...

#prontofalei [inspirado pela Flavinha ;) ]
- sinto cólica menstrual nas costas e nas pernas (meu útero deve ser fora do lugar hauahauhauh)
- quando dou muita risada, choro
- chupei bala de canela hoje porque estava nostálgica com a minha adolescência
- dormi um pouquinho à tarde (hihihiih)
- sou viciada em Nerdcast (www.jovemnerd.com.br)

terça-feira, 28 de abril de 2009

Fooorça

Esses dias tenho estado com muita força na minha reedudação alimentar (ou dieta se preferir). Meu pai tem me ajudado muito, fazendo salada e meu arroz integral com linhaça (amo!) porque ele é o único que me ajuda, o resto do pessoal só me oferece chocolate. Ontem trabalhei com 6 bis dentro da geladeira que "deixaram de presente pra mim" minhas amigas são tão legais não?. Não comi nenhum!!! Estou me achando!!!

Muito trampo no hospital mas mesmo assim tenho conseguido até fazer minha ginástica. Tenho conseguido fazer 1h10 de esteira e localizados. Mas preciso lembrar de pegar leve nos abdominais por causa da hérnia de disco :(

Pensamento maluco do dia:
O mundo é injusto às vezes, por que a barriga tem que estar na frente das costas? Eu quero perder a barriga, para isso aeróbicos+abdominais, mas e as costas minha gente??? Dói as costas!!!!!
Abaixo a barriga na frente das costas!!!! Hauahauhauhauhauh

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Postagem de plantão ou um post de loucuras

Huummm, dia lixo hoje... tô muito triste. Comi chocolate pra ca#$%lho... é incrível como certas provas acabam com meu psicológico. Mesmo depois de ter saído sa prova ainda tava muito ansiosa... Comi demais hoje. E caminhei pouco, só meia horinha no jardim perto de casa. É incrível como os sinais se apresentam e eu não percebo que a reeducação alimentar vai pro saco. Depois do almoço deitei um pouco pra dormir (porque ia trabalhar a noite toda), aí comecei a pensar na minha mochila em cima do armário que precisava lavar (pensamento obssessivo-compulsivo... oi?). Levantei, peguei uma escada, subi na escada, peguei a tal da mochila e lavei... adiantou? Claro que não, eu queria era comer... saí pra distrair a cabeça, fui na costureira (minhas calças não estavam prontas ainda) passei para o segudo vício: CANETAS. Comprei duas canetas. Fiquei feliz, mas de novo TOC (preciso de mais canetas? NÃO). O que me consola é que caneta não engorda...
No trabalho é mais difícil comer certo, todo mundo come demais aqui... é f*&%$#a. Todo mundo é gordo e tem o ciclo circadeano maluco como o meu... Será que é possível ser saudável fazendo essa vida. Às vezes acho que não...
Será que esse blog tá virando um blog de distúrbio alimentar? Será que eu tô ficando assim? Ultimamente tenho tanto medo de engordar e sentir dor nas costas que às vezes me pego pensando que eu como demais... apesar de contar as calorias e tal... Ai, sei lá. Postagem de plantão é sempre problemática.
Amanhã vai ser diferente... RA com tudo agora e caminhar pelo menos uma hora todo dia...é isso... essa é a meta da semana!

Momento prontofalei (as maluquices que passam na minha cabeça)
- Já pensei em fumar pra emagrecer
- Já pensei em tomar anticonvulsivante (topiramato) pra emagrecer
- E pensei em maneiras de convencer meu pai a deixar eu tomá-los
- No ônibus só sento no lado do motorista, pq se bater ele vai tirar o lado dele e eu não vou morrer
- Numa palestra de hipnose pensei em pedir pro cara me hipnotizar pra emagrecer, óbvio que não pedi
- Minha memória é muito olfativa... seja lá o que isso quer dizer...


Olha que lindo, fiz um post de maluquices... que bom... (uma risada irônica cabe aqui?)

terça-feira, 21 de abril de 2009

Preciso ficar só

É, eu sou assim mesmo. Não há nada que possa fazer quanto a isso. Eu preciso da minha própiria companhia por alguns dias... gosto dela. E às vezes a "Guinevere" precisa de uma atenção exclusiva. Talvez seja por isso que tenho tanta dificuldade em manter amizades... aliás, taí uma coisa em que sou péssima. Tenho pouquíssimos amigos. Eu até tento.... Eu acho só que eu tento entender o lado de todo mundo a dar o que as pessoas precisam, mas ninguém vem aqui ler o que eu sinto pra saber o que eu preciso. O que eu preciso? Não.... tô mais pra o que eu NÃO preciso. Pressão, ultimatos, mais pressão e ser sugada.. isso eu detesto. Eu perdi 1,2kg semana passada e fiquei contente... mas aí vem a prova de patologia e me põe doida a estudar reativos intermediários do oxigênio, inflamação, prostaglandinas e tromboxanas... Como é difícil ser filha dos meus pais... tão inteligentes... a pressão às vezes é ainda maior...
Peguei a Duda no colo hoje, pela primeira vez... meu instinto maternal acordou na hora meu relógio biológico... hihihihi. É muito engraçado isso... acho que é por isso que nas famílias quando um tem filho, outros vão tendo também... logo atrás. Um bebê que nasce "acorda" no outro o desejo de ser mãe (ou pai)...
Mas pra mim agora não dá.... eu não consigo nem me organizar pra estudar e trabalhar direito...
Sei lá... minha vida às vezes parece que me atropela e eu nem tive tempo de anotar a placa...

segunda-feira, 13 de abril de 2009

Graças a Deus...

Siiim, graças a Deus acabou a páscoa! Porque eu não aguentava mais escutar todo o chocolate do mundo gritar meu nome....
O que me irrita é minha impotência diante de chocolate. A quantida que comi ontem foi uma vergonha...
Mas é assim... hj começo tudo de novo...

terça-feira, 7 de abril de 2009

Desenterrando vídeos...

Para entender o contexto leia o post anterior

video

Sobre o amor incondicional

Eu sou uma pessoa intolerante... tenho paciência mas sou intolerante. Eu me irrito facilmente com o comportamento auto-destrutivo ou pouco solidário das pessoas. Vejo muito isso nos meus avós que envelheceram muito mal, tiveram seus defeitos exacerbados e sua qualidades viraram defeitos. É muito chato ver isso nas pessoas que a gente ama. É como se aquelas que a gente amou por toda a vida tivessem ido embora e deixado em seus lugares bonecos mal-acabados com defeitos de caráter no lugar de qualidades antes admiradas...
Outra coisa que me irrita profundamente é quando as pessoas que tem filhos vêm me dizer que só vou entender tal sentimento ou tal situação quando eu tiver meus próprios filhos. Porque o amor que nutrimos pelos pais não chega nem aos pés do amor que se tem pelos filhos. Me reservo totalmente o direito de mudar de opinião mas o amor que sinto pela minha irmã e pelos meus pais é imenso. Hoje vou falar especialmente do amor pela minha irmã.
Amar a minha irmã é o que me dá forças na maioria das situações, ser uma boa pessoa para servir de exemplo pra ela também. É como se não exisitisse vida antes da existência dela, seu nascimento fez tudo fazer sentido. A distância nunca é grande o suficiente para nos separar, mas tem dias que ela é grande demais. Sinto a falta dela todos os dias, o tempo todo, como se tivesse um ferimento a me incomodar que nunca sara, só incomoda menos.
Nutri um amor por ela desde quando soube que estava na barriga da minha mãe, dormimos "as três" abraçadas durante toda a gestação. Eu com toda minha sabedoria de criança de 9 anos "emitia" good vibes pra ela e hoje sei que elas foram responsáveis pela personalidade da minha irmã, por ela ter nascido como ela é: perfeita. Hannah foi o bebê mais delicioso da face deste universo, com suas caretas malucas e vocabulário riquíssimo desde muito cedo. Ainda criança tinha tiradas estranhíssimas ("Você acha que precisei conversar com Deus pra saber onde vc escondeu meu brinquedo?")...
Amor é assim: incondicional, atemporal, eterno, amor de irmã. Que mesmo morando longe se mantém igual, indestrutível e infinito...
Fofolete, te amo!

quarta-feira, 1 de abril de 2009

As coisas que os outros fazem para te agradar (ou não)

Bom dia hoje, apesar da cólica e da dor de cabeça... calorias, OK! Bugigangas Zero! E RA sob controle há 24 horas, muito orgulho de mim!!!! Fui na minha tia hj tomar banho antes de trabalhar, e ela com todo carinho fez janta pra mim e estava fazendo arroz doce pra família... Como vc nega uma coisa dessas pra sua tia? Simples, vc NÃO nega, pega a menor colher e a menor xícara da casa e come meia unha de arroz doce, certo?

Engraçado como as pessoas fazem coisas malucas pra me agradar quando o que eu mais preciso é um abraço ou silêncio. Minha vó é campeã nisso, ela me ofende, me torra a paciência e depois diz: Pegue meu cartão e compra um presente pra vc. Absolutey NOT. No Way, baby. Thanks, but no thanks. Fui clara o suficiente????

Eu sei que sou intolerante às vezes o tempo todo mas tem coisa que não dá né? Bem fazer o que? Como diz o namo: o poço de piche era uma idéia tão boa....

Tirando TPM que me deixa insuportável, é isso... aguardo ansiosamente a nota da prova de patologia...

segunda-feira, 30 de março de 2009

Hoje é meu aniversário




Reuni minha família e meus amigos ontem... foi muito bom. Comemos bolo da tia Ovilda (que é sagrado na minha família) e tomamos coca-cola. Impressões de 27 anos: estou feliz pq estou mais magra que no ano passado e triste pq estou ficando velha...






Eu, Jac e Vinícius




Eu, Carla e Maria Eduarda (que ainda está na barriga da Carla)

sexta-feira, 20 de março de 2009

Socorro?

Cada dia que passo me sinto pior e mais gorda... muito ansiosa, estou com minha vó no hospital e aqui só tem besteira pra comer... apesar de me falarem que estou magra e que pareço magra me sinto cada dia mais gorda... cada vez que me olho no espelho me sinto gorda, com o cabelo horrível... ontem, acabei dormindo praticamente o dia todo, estava muito cansada, estressada com minha família... Me sinto importente diante da minha falta de controle diante da comida, esta noite devorei quase um lanche inteiro com coca-cola normal, pipoca-doce e hj de man´~a apesar de ter tomado café da manhã ainda traçei 3 bolachas recheadas (coisa que nunca como, nem gosto). Me falta ânimo de começar a RA de novo, eu sei que não posso desistir. Mas estou desanimada com tudo inclusive com a faculdade... quando não detesto a matéria detesto o professor... o que fazer? Estou sempre cansada.. sei lá... preciso mudar tudo na minha vida... porque ela está uma bagunça... não sei se são os plantões a noite que mexem com a minha cabeça e com meu organismo (ficar mais de 24horas sem dormir não tem sido fácil)... sei lá, é isso...

Sugestões, críticas, puxões de orelha, exorcismo? Alguém se habilita?

segunda-feira, 16 de março de 2009

De novo?

"O que as vitórias têm de mau é que não são definitivas. O que as derrotas têm de bom é que também não são definitivas." (José Saramago)

Eu fiquei doente semana passada e decuidei da RA... e em consequência passei a me sentir feia gorda, horrorosa, auto-estima no pé tudo de novo...
Pois é... eu não posso descuidar nunca né? Porque não quero me sentir assim nunca mais... disso eu tenho certeza. Eu já tinha lido em um blog e agora tenho certeza: a luta contra a gordura vai ser pra sempre...

Isso desanima né? Pelo menos a frase acima me inspirou...

sábado, 7 de março de 2009

Presentinhos

Essa semana fiquei muito feliz. Ganhei duas coisas que eu queria há muito tempo... um notebook (depois posto fotos do menino lindo aqui) e um par de duo lapis da Bourjois mara!!!!!
Pois eh, pena que aniversário só tem uma vez no ano... o meu ainda nao chegou mas já ganhei os presentinhos antecipados!

É isso... to odiando minhas materias na faculdade, semana que vem já tenho provas.... nem sei como vou me organizar ainda...

Beijos!

domingo, 1 de março de 2009

Marte e Venus

Eu me deparo às vezes com a incompreensão das mulheres com seus homens, o total desencontro de sentimentos e expectativas me fazem pensar:

Por quê relacionamentos tendem ao fracasso?

Eu não me considero uma mulher romântica... prefiro atos à palavras, provas de amor concretas do que aquelas idealizadas em filmes água-com-açúcar e não gosto de flores (amo-as no jardim e na tela do meu computador). Talvez eu tenho isso comigo pq meu falecido ex-namorado, que não morreu era romântico de músicas, flores e versos mas fazia pouco quando a questão era me entender ou comparecer nesse sentido que vc está pensando e no sentido de estar lá quando eu precisava . Meu namorado é um homem prático mas sensível aos meus sentimentos e necessidades, entende meus chiliques e minhas manias, me agrada com as coisas que eu mais gosto (canetas, McDonald's, passeios no shopping) mas não é de mandar tele-mensagem (que eu acho uó) ou coisas desse tipo.

O que eu não entendo é essa campanha que revistas femininas e filminhos fazem para que esperemos de nossos homens que sejam príncipes encantados personagem mas chato everrrrrr . Isso faz com que as mulheres criem padrões inatingíveis, que nunca serão preenchidos por ninguém, mesmo que vc namore o Príncipe Encantado ou o Shrek.

Eu sou a favor do companheirismo, da amizade, das coisas em comum, do acordar-o-outro-de-madrugada-porque-tinha-que-contar-o-sonho-naquela-hora, entende? Não devemos nos contentar com pouco, mas relacionamentos dão certo quando trabalhamos neles, quando abrimos mão de alguma coisa e o outro também abre mão e todo mundo sai ganhando, quando você tem orgulho na pessoa que vive contigo e quando você sabe que ela tem orgulho de você também...

Sei lá... eu acho isso...

PS1: não briguei com meu namorado, não. Só que esta semana dois casais que eu conheço se divorciaram (com direito à juiz e tudo) e eu me pergunto... por quê?

PS2: ia falar das diferenças entre homens e mulheres e falei de relacionamentos, mas tudo bem... foi isso que "veio", era isso que eu tava sentindo



quinta-feira, 26 de fevereiro de 2009

Saindo da linha total...

É... a fome bateu e aí já viu... só jaquei nessa semana de carnaVAL... o carnaval para algumas pessoas é bebedeira e festa. Pra mim lanche, pizza e pipoca de arroz integral (docinho que eu amo).
Sei lá, nem dá vontade de postar aqui... não cheguei a engordar nem nada. Mas minha consciência está pesada. E quando tiro fotos, encano que minha cara está gorda... Será que estou ficando neurótica
Além de começar tudo de novo, ter força pra me manter no caminho... é preciso achar aquela motivação que se tem no começo sabe?

Só por informação... sabe uma das coisas que mais amo no mundo? Calçar chinelos com meia... é uma coisa idiota, mas quando se encara um plantão de 12 horas e vc finalmente pode colocar seu pé no chinelo querido... é tão bom. Estou meio zen nesse sentido... de valorizar essas coisas pequenas que me deixam contente ou fazem com que eu me sinta bem...

Saudade...

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Nove anossss

Pois é pessoas, amanhã eu e namo completamos 9 anos de namoro não pergunte quando vou casar porque eu também não sei . No mais tudo tranquilo, comi um chocolatinho hoje (porque ninguém é de ferro). E estou comendo arroz integral agora, depois eu conto como estou me sentindo pra vcs
A correria continua (plantão noturno+faculdade integral). E estou triste também, ontem me despedi da minha amiga que pediu transferência pra outra faculdade...

bjos

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

A bolacha do demo

Com essa RA eu aprendi várias coisas... e foi a primeira vez que perdi peso "de verdade". Mas aí a gente faz alguma coisa errada e põe tudo a perder. Acho que todo mundo passa por isso, né?
Mas dessa vez eu sei qual é o meu erro. É tudo culpa da maxi goiabinha... sim eu comprei a maldita bolachinha do demo (pra comer esporadicamente) e suas 90 calorias que ficam gritando meu nome (sim, eu escuto a comida falar comigo #prontofalei) toda vez que estou em casa. Eu não posso mais cair nesse tipo de armadilha (no mês passado foi a barrinha de cereal). Já aprendi que se não como doces não tenho vontade e nem penso muito neles (parece mentira né?), mas se eu como um eu quero outro, e mais outro... e lá vem a compulsão me atormentar de novo. Quando estudei bioquímica (vou explicar bem simples), minha professora falou que se vc come algo muito doce sua produção de insulina é muito elevada e aí ela transporta toda glicose para os tecidos muito rápido e vc faz uma espécie de hipoglicemia, pq sua glicemia (taxa de glicose no sangue) caiu muito rápido...
Acho que é por isso que se como direitinho não tenho vontade de doce (por direitinho entenda carboidratos complexos e horário de gente normal)... e caí de novo no erro de usar comida como "prêmio" (já dizia meu pai que insanidade é repetir o mesmo erro esperando resultados diferentes), tenho que comer pra viver e não depositar sentimentos na comida.
Por falar em horário normal... que loucura é essa de trabalhar à noite, hein? Sério, não sei como meus pais conseguem... E eu ainda encaro 8 aulas na faculdade durante o dia...
Bem, vou contar a anedota do mingau que me lembrei esses dias. Quando eu era criança (modo souvelhamesmo on) era fissurada por mingau de cremogema (modo souvelhamesmo off), e queria comer várias pratadas todos os dias. Só que minha mãe nunca deixava, e eu ficava puta da vida com ela (desculpa aí, mãe). Ela dizia que eu iria engordar, que mingau engordava e que eu não iria querer ser gorda... e coisas desse tipo. Só que minha mãe era magra, eu também era e meu pai, mais ainda, e eu não acreditava nela. Hoje entendo o que minha mãe queria dizer. Né mãe?
Acho que algumas coisas só aprendemos com a idade, e outras não aprendemos nunca... infelizmente.

Boa noite pra quem dorme, bom plantão pra mim que ainda estou trabalhando...

PS1: Mãe, te amo!

PS2: Irmã mais nova, escuta a nossa mãe e não se entupa de comida. Perder peso aos 26 é muito mais difícil do que aos 16. E passe protetor solar todo dia e hidratante na bunda (pelo menos). Ai, se eu fosse escrever tudo que eu deveria ter feito na sua idade precisaria de um blog só pra isso... Tb te amo muito

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Eu e vovó, vovó e eu

Este post é sobre um acontecimento interessante que aconteceu ontem. Uma das minhas resoluções de vida deste ano era dedicar mais atenção pra minha vó, então ontem saímos pra um bonding time. Fomos comprar uma bengala pra ela (que escolheu uma bem fashion) e fomos creuzar na americanas e na marisa... vcs não acreditam como minha avó me supreendeu... olhamos toda sorte de cremes, shampoos, maquiagem, roupas. Provamos óculos escuros gigantes, chapéus doidos e nos divertimos achando graça na "moda" atual (o que seria aquele saco que vem com as calças?). Ela me contou histórias de quando era mais jovem e saía pra ver vitrines e comprar sapatos (no tempo dela era muito moderno uma mulher pegar o carro e sair pra fazer isso), contou que meu avô não gostava que ela fosse ao dentista sozinha e que gostava de ter seu próprio dinheiro (vovó modernete já trabalhava fora).
Por uma tarde esquecemos os problemas e lembrei-me que um dia minha vó teve minha idade, as mesmas aflições e os mesmos sentimentos...
E isso me deu uma saudade enorme da minha outra vó, que também tem histórias incríveis e sabe cantar...
Coisa boa, esse negócio de vó. E coisa ruim essa tal de saudade...

Voltando com tudo!!! Ou não...

Domingão (01/02) comecei com meus plantões à noite (das 19h às 7h)... seria tranquilo, se não fosse por um pequeno detalhe: eu faço faculdade durante o dia, em período integral!!!! Sendo assim, saio do hospital de manhã e vou pra facul e fico lá o dia todo... me atracando com o sono.
As aulas recomeçaram neste dia 2 e eu toda animada (mesmo depois de 12h de trabalho) fui pra faculdade, rever meus amigos e colocar as fofocas em dia. Além de chegar lá e não ter aula, nos mudaram de sala e uma das minhas melhoras amigas pediu transferência pra outro estado... imagine o meu estado de espírito.
Então, fiquei assim: neste mês de fevereiro estarei de plantão nos dias ímpares e na faculdade o dia todo de segunda a sexta. Mas não abandonarei meu blog, que tem me ajudado muito no meu processo de emagrecimento+RA+redescobrir a vaidade!!!
Boa volta às aulas pra quem volta tb!!!
bjo.

terça-feira, 27 de janeiro de 2009

Jacada... ao contrário?

Minha gente, anda acontecendo uma coisa muito estranha comigo. Eu tenho conseguido me controlar muito bem (acredite, isso é um fato histórico). Devido aos meus problemas na coluna e, à dor que eu não quero sentir nunca mais, a alimentação vai bem, obrigada. Só que... presta atenção nessa jacada (é jacada, pq sei que é errado): como estou de férias da faculdade, quando chego do trabalho almoço, dou um tempinho e vou dormir. Acordo sem fome e continuo deitada ou sentada aqui no computador, acabo ficando sem comer (pq estou sem fome) e vou dormir de novo (aproveitando pq as férias estão acabando, eu durmo pra caraleo).
Então, o erro é ficar sem comer por muito tempo por preguiça mesmo.... eu sei q não devo e tal, mas o q fazer quando a cama está mais "apetitosa" que a comida? O problema é que eu tenho certeza que quando bater aquela fome, vai ser aquela fome, entende?
Tirando isso, estou muito satisfeita com essa RA atual (da nutricionista), perdi quase 4Kg no mês de janeiro e minha coluna já não dói tanto. E quando minha rotina voltar ao normal, e eu levar minha marmitinha pra td quanto é canto, faça as refeições na hora e na frequencia certa.
Antes de começarem minhas aulas, eu vou postar meus horário malucos aqui...
Bem... bons sonhos pra vcs também...
bjo.

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Eu e o batom

Desisti de usar batom de uma vez por todas!!!! Tenho vários e nunca acho uma cor que fique bem ou que não faça com que eu me sinta uma palhaça. Bem, é isso aí: resoluções de ano novo (RA, malhar e quit the lipstick).

A RA e a ginástica vão bem apesar da falta de tempo. Passei um final de semana bem controladinho.

Estou meio revoltada ainda com a história dos batons (hihihi) mas contente, porque eu A-DO-RO gloss e já fiz um pequeno acervo de glosses que eu mais amo (e que, diga-se de passagem, comecei a usar por causa da minha irmã) e só vou continuar com um único batom que é o doce de leite da Natura Faces pq não tem cor de nada e o gosto é bom (esse eu uso por causa da minha amiga Marília).

Aí embaixo, uma foto dos meus atuais companheiros:


1- Water Liquid Shine, Maybelline, cor Wanessa pop (meu preferido)

2- Gloss Aquarela Natura, cor 07

3- Natura Única, cor Noa noa (não gosto muuuito)

4- Water Liquid Shine, Maybelline, cor Crystal Amethyst

5- Nivea lip care, não sei o nome da cor (é o mais claro)

6- Beyond Color Avon, cor Rosa ouro

7- Water Liquid Shine, Maybelline, cor Flamingo Prism
Bem, é isso... saudades já
bjo.

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Semana corrida

Olá! Minha semana foi muito corrida. Trabalhei bastante. hj nao pude me pesar pq fui trabalhar bem cedinho e não quero me pesar sem ser em jejum e na mesma balança das outras vezes. Então fica pra próxima. A dieta vai bem apesar da correria. Estou ansiosa pra que minhas aulas comecem, adoro a faculdade...
É isso... não tenho muitas novidades.
Bjo

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Fim de semana lixo

Pois é... final de semana lixo. Não fiz ginástica, não anotei o q eu comi e nem comi nos horarios certos...
Resumo da lambança: 1 copo de coca normal sábado a noite e ontem um mclanche feliz com refri zero...

Tudo bem, q nem se compara aos tempos de antes mas eu passei mal ontem, acho que já tava acostumando a comer e direito e aí eu vou lá e mando um lixinho pra dentro do corpo e ele reclama... já viu né?

Mas, foi um bom final de semana. Eu saí e me diverti, e isso é o q importa.

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Eu quero um rímel da Chanel!!!


Como eu moro no interior de SP (sítio, roça) e aqui não vende Telva, vou apelar pra promoção do blog Inveja do Bikini da Kat. Portanto aí vai:
O megaboga blog da Kat (eu já era seguidora antes da promo)

Bjo :*

Dia de pesagem!!!

Siiiiiim!!! Estou muito contente hj! O dia de pesagem (muito temido, pra falar a verdade) é às sextas. Acordei e me pesei. E contra os 66,5kg da semana passada temos os 64,750kg de hj. Me pesei com a mesma roupa, na mesma balança e em jejum, portanto não há enganação. Atualizei minha régua e arrumei o peso inicial pq só hj descobri como se colocam casas decimais nela (hahaha! Eu sou meio devagar às vezes). E a tal régua tb não aceita 64,750kg precisei deixar 64,800kg. Mas td bem.
Vamos ao que interessa, o q eu fiz e acho que funcionou:
- Comer de 3 em 3 horas
- Anotar o que eu como
- Não me descontrolar no fim de semana
- Uma hora de caminhada todos os dias
- Beber chá verde
- Me ocupar com alguma coisa pra não pensar em comida

Bem, espero que eu consiga manter tudo que venho fazendo e que deu certo! E se alguém tiver alguma dúvida é só deixar um comentário. Quando estiver mais "confiante" (leia-se magra) eu vou postando fotos pra vcs.

Obrigada pelo apoio!

bjo :*

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Novo vício?

Sim!!!! Estou viciada em blogs. Já faz 4 horas que estou sentada em frente ao PC navegando em blogs de maquiagem (AMO), dicas de beleza e onde comprar, como usar, ou não usar de jeito nenhum. Estou amando!!!! Tudo começou com a busca por ânimo pra emagrecer, agora ja estou ligada em novas tendencia de maquiagem, beleza e moda. Imagine, 4 horas em frente ao computador sem pensar em comer!!!!
É incrível como tem pessoas que conseguem se expressar através de palavras, parece que até ouvimos suas vozes. Quando eu era pequena falavam que o computador iria deixar o ser humano isolado e solitário. Mas aconteceu extamente o contrário: as pessoas se uniram, ainda que virtualmente!!!
Estou contente, a dieta vai bem, a malhação tb. A única coisa que acho que não vai sobreviver é o meu cartão de crédito.....

bjo, pra vcs e boa noite

quarta-feira, 14 de janeiro de 2009

Por quê vc engorda?

Bem... eu engordo porque estou de sacanagem hahahahahah. Mas falando sério, a verdade é essa mesmo. Eu gosto de legumes, verduras, frutas, arroz, feijão, carne, já troquei o pão francês pelo integral light há muito tempo, sei o que são carboidratos, proteínas e lipídios... e por aí vai. Então, pq eu engordo? Simplesmente pq eu adoro tudo quanto é tranqueira: pizza, lanche, batata frita, salgadinho, chocolate, doce caseiro, fruta misturada com leite consensado, bolo quente, sorvete, churros, salgados, pães, rosca, etc. E também pq não controlo porções, por exemplo: pizza (me passa 4 pedaços), lanche (não deixo por menos de 2), chocolate (nossa! Já comi a barra inteira de uma vez) e no self-service de sorvete 800g de sorvete (que lindo né?).
Eu acredito que me conscientizar de tudo isso já é um passo grande, porque antes eu não aceitava. Enxergar que eu não preciso comer desse jeito foi difícil. Me dar conta que a comida sempre vai estar ali, que o mundo não vai acabar amanhã e que a comida não vai resolver meus problemas são os pontos importantes da minha RA neste momento.
Comia porque estava triste e quando estava feliz comia também (pra comemorar "ué?") são características de compulsão. Chega de deixar esses sentimentos tomarem conta da minha vida, chega de comer até passar mal (já cheguei a sentir dor nas costas de tanto comer).
Roupa, então, será feito um capítulo à parte...
E vc? Pq engorda?

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Cansaaaaada...

Boa noite! Pelo titulo ja deu pra perceber meu ânimo. É que hj fiz um monte de coisas e ainda fiz uma hora de esteira e localizada (que tenho feito todos os dias).

A palavra que define o meu dia é nostalgia. Nostalgia de uma viagem a Hong Kong com meus primos e minha Mia (minha amada tia Ana), o que causa muita saudade. E saudade da minha irmã (que mora tão longe). Essa, com certeza, é a saudade que mais dói. Dói meu coração, dói minha cabeça, pra falar a verdade dói o corpo todo pq quando amamos alguém amamos com todas as fibras de nosso ser, com toda nossa alma e com todo coração...

Apesar da saudade, acho que amar as pessoas é um privilégio e tanto. Pq vc ama sem reservas e sem limites e a distância não é problema pq quem se ama muito está sempre junto, entende? (Meu, que papo de maluco!!!)


Balanço do dia: MUITO positivo. Malhei, comi td certinho e ainda recebi a visita do meu namorado que me elogiou como se eu tivesse perdido uns 10 quilos!!!! Estou me sentindo muito gata hahahahaha


Fica de presente uma foto pra deixar saudade...


segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Hoje sinto que consigo

O balanço do final de semana foi positivo. Tomei um copo de Coca normal sábado a noite e tomei uma bola de sorvete ontem a noite, no mais comi tudo certinho, muito diferente do que andava fazendo. Fiquei contente, porque percebi que eu não preciso viver pra comer (entende???). Aliás, o sorvete foi um capítulo a parte: pedi pro meu pai ir até a sorveteria comigo pq eu queria ir lá e comprar UMA bola de sorvete e lá fomos nós, deu certo!!! Eu tomei apenas uma bola e me senti meio "cheia" atá a hora de dormir.. isso prova que eu NÃO preciso tomar 3 bolas de sorvete, entende?
As boas notícias são: estou me sentindo mais magra hj :)
estou tomando chá verde,
fiz esteira e localizada todos esses dias (não faltei nenhum dia!!!),
comer certinho faz com que eu me sinta mais disposta,
desde que comecei com a RA não passei mal do estômago nem tive diarréia (que antes era muito comum)...
Bem, é isso. Hoje sinto que posso continuar firme...

PS: quem quiser comentar é bem vinda(o) sempre, quem quiser só ler também!!!! Obrigada pela visita e beijos

domingo, 11 de janeiro de 2009

Meu antes, que ainda é agora




Resolvi postar umas fotos de antes... vou almoçar e hj é domingo. Então já viu né? Quem sabe assim não saio de linha. Eu ODEIO essas fotos....

sábado, 10 de janeiro de 2009

Perder é preciso...

Resolução de ano novo: PERDER 13 quilos. Sim... mais uma vez. Tenho estado de dieta desde que posso me lembrar, sempre me achei gorda, mas a situação chegou a um ponto que não é possível continuar... Primeiro a hérnia de disco, que por mais que eu culpe meu trabalho, minha rotina e minha genética, ganhar 13 quilos é o único responsável por ela. Portanto, eu vou reunir tudo que eu sei, li e aprendi na minha vida e colocar em prática. Sem desculpas. Não adianta me falarem que não estou gorda, que meu tipo físico é assim ou tentarem me desviar do meu caminho. Simples assim: se não tem nada de útil ou encorajador pra falar, fique quieto e não se intrometa. Não estou de dieta, estou fazendo RA (reeducação alimentar). Quer me ajudar? Ótimo, vc é muito bem vinda(o). Não quer? Bom também, fica na sua que a gente vai se entender....