terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Eu e vovó, vovó e eu

Este post é sobre um acontecimento interessante que aconteceu ontem. Uma das minhas resoluções de vida deste ano era dedicar mais atenção pra minha vó, então ontem saímos pra um bonding time. Fomos comprar uma bengala pra ela (que escolheu uma bem fashion) e fomos creuzar na americanas e na marisa... vcs não acreditam como minha avó me supreendeu... olhamos toda sorte de cremes, shampoos, maquiagem, roupas. Provamos óculos escuros gigantes, chapéus doidos e nos divertimos achando graça na "moda" atual (o que seria aquele saco que vem com as calças?). Ela me contou histórias de quando era mais jovem e saía pra ver vitrines e comprar sapatos (no tempo dela era muito moderno uma mulher pegar o carro e sair pra fazer isso), contou que meu avô não gostava que ela fosse ao dentista sozinha e que gostava de ter seu próprio dinheiro (vovó modernete já trabalhava fora).
Por uma tarde esquecemos os problemas e lembrei-me que um dia minha vó teve minha idade, as mesmas aflições e os mesmos sentimentos...
E isso me deu uma saudade enorme da minha outra vó, que também tem histórias incríveis e sabe cantar...
Coisa boa, esse negócio de vó. E coisa ruim essa tal de saudade...

3 comentários:

RunnaWay disse...

É, eu queria ter uma avó por perto ~:

Saudades demais.

Eliana disse...

Oi...
Aproveita amiga vó é tudo de bom, pena que as minha já se foram... estão com Deus.
Um abraço

SenSaçõeS disse...

Suas avós são mulheres muito interessantes,Dna Maria Lina sempre foi muito vaidosa e independente.Ambas mulheres a frente do seu tempo.Tbm as admiro muito.